terça-feira, 28 de junho de 2016

Cozinhas Planejadas e Áreas de Serviço

Cozinhas Planejadas e Áreas de Serviço
Já há algum tempo, a área de serviço e a cozinha ganharam destaque no momento da construção, da reforma ou mesmo da decoração de uma casa.
Quer integrar o ambiente com a sala? Então, as cozinhas planejadas e modulares ajudam na criação de uma área mais agradável e acolhedora, além de funcional.
A Leroy Merlin, preocupando-se com você e com seu lar, desenvolveu cozinhas planejadas próprias e exclusivas optando pelo padrão de qualidade das ferragens da Leroy da Europa e com garantia de 10 anos. Para ajudar a compor a decoração, a Leroy também possui diversos modelos e estilos de torneiras, pias ou cubas que podem dar um toque todo especial à sua cozinha e à sua área de serviço. E lembre-se! Tudo isso – e muito mais - você encontra na Leroy Merlin, que tem o compromisso de garantir sempre os menores preços.


Para dar à cozinha o destaque que ela merece, fazer um planejamento minucioso é fundamental.
A Leroy Merlin, a casa da sua casa, ajuda você nesse momento.
Se falta ideia de que tipo de ambiente você deseja, a página “Inspire-se Cozinhas” pode ser de grande valia. Nela, você encontra fotos de cozinhas prontas, dos mais diversos estilos, além de projetos de cozinha 3D, para que seja possível ter uma noção mais exata de como ficará o espaço.
A seção inclui também sugestões acabadas de cozinhas planejadas, uma alternativa para quem dispõe de áreas reduzidas. E não se esqueça: aqui você pode montar seu projeto personalizado.
Faça-o no site e depois o leve para uma de nossas lojas, onde, com a ajuda de nossos profissionais, será possível completar a compra das peças certas. Para saber quais são elas, criamos uma página específica na qual você fica sabendo tudo de que precisa para escolher produtos para cozinha.
E para especificar as quantidades necessárias, conhecer modelos diferentes de produtos, entre outras tarefas, visite nosso assistente de compra para cozinha.
Confira esses serviços e aproveite nossos preços, que são os mais baixos do mercado.

Fonte:
http://www.leroymerlin.com.br/cozinhas-e-areas-de-servico

Móveis planejados 10 dicas para uma decoração elegante e atemporal

Móveis planejados
Quando se pensa no primeiro apartamento de um jovem casal, muitos pré-conceitos de podem vir à mente. Pensou em decoração “moderna”, ultracolorida, luzes de neon, quadros antigos da Coca-Cola? Móveis-planejados-do-tipo-que-todo-mundo-tem (e enjoa depois dos três anos seguintes)?

No movimento contrário destes estereótipos, o projeto criado pela equipe do 0E1 Arquitetos no charmoso bairro Bom Fim, em Porto Alegre, serve de inspiração para casais (e solteiros!) de todas as idades.

Apesar de se tratar do primeiro apartamento do casal de 27 anos, nota-se o apreço pela atemporalidade dos móveis da casa (em sua maioria, feitos sob medida). Foi-se o tempo que móveis planejados eram sinônimo de “móveis da modinha”. A velha história de projetar um quarto igual ao da revista, e ele se transformar em um elefante branco na primeira mudança de casa (ou até de humor) é passado. Conversamos com Mário Guidoux e Anna Carolina Manfroi, que fizeram parte da criação deste projeto, e trouxemos 10 dicas para você fazer um décor moderno e atemporal a partir de móveis planejados. Arquitetura que não enjoa!

1) Neste apartamento, o mobiliário desenhado sob medida  foi para a cozinha, o quarto e os banheiros. Inspire-se no estilo minimalista e discreto, misturando madeiras clássicas em tons escuros com o uso do branco.


2) Na cozinha, formas retas e a ausência de puxadores garantem a neutralidade do ambiente, combinando com todos os gostos e estilos de moradores. O diferencial fica por conta do toque pessoal um: toalhas, louças, quadros, ímãs, panelas…

3) Que tal aplicar um toque de surpresa nos seus móveis? O armário do banheiro criado pelo 0E1, por exemplo, tem um interior em azul claro. Fofo!

4) “Para os móveis de varejo – cadeiras, mesas -demos preferências para designers brasileiros que usam madeiras daqui. Dessa forma se consegue uma carinha de brasilidade que não tem preço.”

5) Em meio a ambientes minimalistas, uma boa dica é investir em peças divertidas, para quebrar a neutralidade do ambiente. Neste caso, o macaquinho de Kay Bojesen e as luminárias de Tom Dixon foram escolhidas a dedo para o casal, Anna e Gabriel, fãs dos designers em questão.

6) Quer mudar a cara da sala de estar sem custo algum? Uma bela estante em tom neutro – branco, off white, gelo – serve como moldura para que você brinque de decoração, misturando livros, toy art, porta-retratos,  objetos de decoração e o que mais lhe vier à mente. No exemplo acima, o canto da sala está colorido, mas poderia estar totalmente sóbrio, em preto e branco, por exemplo. Basta trocar os objetos da estante!

7) A decoração do quarto pode ter a mesma lógica: “ao trocar os objetos do nicho, a atmosfera do quarto muda também – mas o móvel sob medida segue o mesmo.” Vale investir em um espaço “de trânsito” para você posicionar poucos e bons objetos de decoração – seja um nicho, uma bancada, uma mesa ou um baú.

8) Pode usar branco, sim! Se dizem que, na moda, o branco é o novo preto – clássico e atemporal – e na decoração não seria diferente. Abuse do tom tanto nos móveis, quanto no enxoval da casa – colchas, almofadas, cadeiras, tapetes – e contraste com tons amadeirados, criando ambientes relaxantes e sofisticados.

9) A clássica bancada da TV ganha ares de galeria de arte com livros de arte, moda e fotografia mesclados a quadros apoiados na parede. Sem prego, sem sujeira!

10) Menos é mais! A bancada da sala pode ser grande, mas nem por isso precisa estar lotada de objetos e porta-retratos. Selecione-os bem e garanta um ambiente moderno e leve. Após um cansativo dia de trabalho, tudo que a gente mais quer é relaxar.
E aí, anotou?

Fonte:
http://revistadonna.clicrbs.com.br/noticia/10-dicas-para-uma-decoracao-moderna-e-atemporal-com-moveis-planejados/

domingo, 26 de junho de 2016

Cozinha planejada Veja o que não pode faltar na sua

Cozinha planejada
Todo mundo já está careca de saber que a cozinha é um dos ambientes mais importantes da casa. Seja por ter muita movimentação, por ser um lugar de confraternização entre a família e os amigos ou por ser, para alguns, até mesmo terapêutico, tornando o simples ato de cozinhar um ritual inspirador.
Mas a falta de planejamento e organização deste lugar pode torná-lo também motivo de estresse. Nada mais desagradável do que estar no meio de uma receita e ter que ficar procurando algum utensílio ou ingrediente não é mesmo? Ou não ter lugar suficiente para guardar a louça e eletrodomésticos e ter que partir para o improviso.
Enfim, são vários os motivos para colocar um fim nesta situação e investir na sua cozinha planejada! Além de todas as praticidades, fica o maior charme da casa!
Atente-se então a algumas dicas do que não pode faltar na sua cozinha planejada:
– Coifa: É imprescindível instalar uma coifa para evitar que a fumaça e gordura se espalhe pela casa.
– Lixeiras embutidas: Não use lixeiras sobre a pia. Invista nas embutidas, são muito mais higiênicas e práticas, pois permitem abrir e fechar sem o uso das mãos.
– Espaço para geladeira: A geladeira nunca deve ser colocada diretamente ao lado do fogão, pois o calor do mesmo pode prejudicar o seu funcionamento. Além disso, deve haver um espaço nas suas laterais e no topo para a circulação de ar e também para abri-la sem atrapalhar a movimentação das pessoas no ambiente. Reserve um espaço especial para esse eletrodoméstico.

– Fluxo de funcionalidade: Isso é mega importante para facilitar as atividades do dia a dia. E é uma das grandes vantagens da cozinha planejada, pois, como o nome mesmo já diz você vai planejá-la de acordo com as suas necessidades de forma que tudo seja mais prático. Por exemplo, a pia não pode ficar muito longe do fogão porque você pode precisar de água para cozinhar o arroz e etc. Ou então para dispor das panelas para lavá-las depois. Outra dica é deixar o armário com temperos e panelas, assim como a gaveta com os talheres, perto do fogão.

Fonte:
http://simonettoportoalegre.com.br/veja-o-que-nao-pode-faltar-na-sua-cozinha-planejada/

terça-feira, 21 de junho de 2016

Mesa de centro da sala: 8 dicas para acertar na escolha

A mesa de centro da sala é um componente importante e determinante na decoração e funcionalidade deste ambiente: ela pode roubar a cena de forma positiva ou negativa.

Atualmente, existem diversos modelos disponíveis no mercado: madeira, vidro, espelho, metal, acrílico, entre outros. Além de uma ampla variedade de cores: laca, preta, colorida, com materiais reutilizados como troncos, caixotes, paletes, etc. Diante de tantas opções, é imprescindível avaliar a que melhor atende às suas necessidades e que reflete melhor a sua personalidade.

Pensando nisso, preparamos algumas dicas para te ajudar a fazer a escolha certa e adquirir a mesa de centro ideal para a sua sala!

1. Primeiramente, é necessário que você avalie o espaço disponível na sua sala, pois a mesma de centro não pode atrapalhar a circulação do ambiente.

2. A distância ideal entre o sofá e a mesa de centro é, pelo menos, de 40 cm. Dessa forma, não atrapalha a passagem e também não fica distante para usá-la como apoio.

3. A altura da mesa de centro deve estar alinhada com a do sofá. A dica é optar por modelos de até 40cm de altura, pois em geral essa é a altura de sofás, poltronas ou cadeiras.

4. Atenção se você tiver crianças em casa! Nesse caso, evite mesas pontiagudas e de materiais frágeis como o vidro. Opte por modelos com as bordas arredondadas e de materiais firmes e resistentes.

E na hora de decorar a mesa de centro?

5. Escolha itens fáceis de serem removidos, para garantir a praticidade na hora de acomodar copos, garrafas e petiscos quando receber visitas.

6. Opte por itens baixos, que não atrapalhem a visão de quem estiver sentado próximo à mesa.

7. Lembre-se: menos é mais! Preze sempre pela harmonização entre os objetos e pela praticidade. A dica é não usar muitos objetos e de tamanhos muito variados.

8. Use a sua criatividade! Vale usar velas, plantas, vasos, livros e revistas, aquela lembrancinha da última viagem, e o que mais refletir o seu estilo!

Os tapetes também possuem o poder de transformar o visual da sua sala!

Fonte:
http://simonettoportoalegre.com.br/mesa-de-centro-da-sala-8-dicas-simples/

domingo, 19 de junho de 2016

07 Dicas cozinha planejada para criar seu projeto

Projeto cozinha planejada
07 Dicas para criar seu projeto de cozinha planejada

Para criar seu projeto de cozinha planejada é preciso levar em consideração muitos aspectos relevantes que garantirão a qualidade do planejamento e um resultado final satisfatório. É a atenção aos detalhes que fará a diferença na hora de projetar sua cozinha, por isso, nossos projetistas separaram 07 dicas estratégicas que ajudarão você a fazer a melhor escolha.


Acompanhe abaixo:
1. Projetar com atenção aos detalhes: Segundo Marcelo Maya, sócio da Guivin Decor, uma das vantagens em fazer uma cozinha planejada é o melhor aproveitamento do espaço. “O ambiente projetado fica mais agradável para seu uso diário, e os móveis ganham sofisticação”, diz. Por isso, na hora de projetar é importante estar atento aos detalhes, como por exemplo conhecer todos os eletrodomésticos que serão utilizados com antecedência para que suas medidas sejam calculadas no projeto.

2. Calcular as medidas exatas: Tenha em mãos as medidas corretas da cozinha, lembrando de medir a abertura de portas e janelas para que não batam nos móveis. Essas marcações devem ser inseridas no projeto.

3. Ter em mãos as plantas da elétrica e hidráulica: Muito importante e estratégico é ter em mãos as plantas da elétrica e hidráulica na hora de projetar os móveis de sua cozinha. Desta forma você evita surpresas desagradáveis como furar um cano, esquecer um ponto de luz ou ter que refazer alguma obra estrutural. Lembre-se que tomadas são fundamentais para o uso de eletrodomésticos, coloque várias acima da bancada para ter maior praticidade.

4. Projetar o espaço para o gás: O ideal é posicionar a ligação do gás ao lado do nicho do forno de embutir. Quando o fogão for de piso tradicional, o ponto pode estar atrás.

5. Calcular a altura dos armários: Pense na altura de quem usará os armários na maioria do tempo, e reserve as prateleiras mais altas para os produtos que serão menos utilizados. Balcões devem ter em média 85 e 95 cm do piso, com uma largura aproximada de 60 cm.

6. Deixe um espaço adequado de circulação: É importante deixar um bom espaço para a circulação de pessoas. O mínimo indicado é de 60 cm, mas se você tiver mais espaço pode optar por 120 cm, para garantir passagem de duas pessoas ao mesmo tempo.

7. Dê atenção aos acabamentos: Os acabamentos são as peça chave do seu projeto, pois além de garantir a qualidade e durabilidade do móvel, são eles que embelezam e dão a sofisticação esperada. Portanto, priorize corrediças e dobradiças de aço inoxidável que não enferrujam com a umidade. As corrediças telescópicas garantem firmeza e não se desprendem quando as portas são abertas. Há ainda corrediças mais modernas, com amortecedores, que fecham sozinhas ou até mesmo invisíveis. Em bancadas, o uso de granito continua sendo uma boa pedida. Se você busca algo diferenciado, pode optar por aço inox feito sob medida. Para os armários, uma excelente opção são os vidros com cor, laminados melamínicos e uso de pastilhas.

Fonte:
http://www.guivindecor.com.br/07-dicas-para-criar-seu-projeto-de-cozinha-planejada/